O que significa ‘alimentação saudável’? Ela serve só para emagrecer?

A maioria das pessoas acredita que expressões como ‘dieta balanceada’ e ‘alimentação saudável’ só tem a ver com perder peso, aponta estudo. Elas estão equivocadas – e isto pode ser muito ruim para a saúde.

o que significa alimentacao saudavel
[dropcap type=”1″]J[/dropcap]á reparou que é quase impossível passar um dia sem nos depararmos com expressões como “alimentação saudável“, “comer bem“, “alimentos que fazem bem para a saúde” e similares? Elas estão presentes nos supermercados, nos anúncios de revistas, em embalagens de produtos…mas o que elas querem dizer?

Uma pesquisa descobriu que a maioria das pessoas está confusa em relação a termos como estes. Grande parte não entende o que são estes “hábitos saudáveis” na hora de se alimentar. A pesquisa alerta, ainda, que o uso exagerado e indevido de mensagens sobre o que significa comer da maneira certa – separando alimentos entre os que “fazem mal” e os que “fazem bem” – está gerando dessensibilização e antipatia por parte dos consumidores.

 

O PROBLEMA É A MENSAGEM

[dropcap type=”1″]N[/dropcap]ão é segredo que a boa parte da população se alimenta muito mal. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, já são mais de 2 bilhões de pessoas, em todo o mundo, que convivem com o excesso de peso. Ainda segundo o órgão, a maior parte delas vive em países nos quais o sobrepeso e a obesidade matam mais do que a desnutrição.

O que fazer para reverter esta tendência? Uma estratégia utilizada há anos é investir em campanhas de conscientização, visando a ensinar às pessoas o que significa comer bem.

Todavia, nem sempre estas campanhas são bem feitas, gerando confusão. Além disso, propagandas de alimentos vendidos como “saudáveis” também complicam a compreensão do que significa, de fato, comer bem.

comer alimentos cheios de gordura e sal
A falta de compreensão sobre o que torna um alimento saudável ou não pode levar a exageros e a uma dieta maléfica à saúde.

“O público está exposto, diariamente, a um grande volume de mensagens relacionadas à comida e à saúde, vindas de múltiplas fontes e com níveis variados de confiabilidade e consistência”, afirmou a dra. Emilie Combet, principal autora do estudo e pesquisadora da Universidade de Glasgow. O trabalho foi publicado na última edição do periódico BMC Public Health. “Nossa pesquisa mostra [que o público tem] uma compreensão limitada destes conceitos e, de maneira alarmante, muito desânimo também”.

Para mais de 90% das mais de 200 pessoas entrevistadas para o estudo, “alimentação saudável” só tem a ver com poucas calorias ou poucas gorduras nos alimentos.

“O termo popular ‘alimentação saudável‘ foi roubado pela indústria de alimentos e é usado para vender produtos com poucas calorias”, acusa o professor Mike Lean, co-autor do estudo. “O termo virou sinônimo de dieta para perda de peso e não carrega mais o sentido de influência de longo-prazo na saúde”.

 

O QUE TODO MUNDO DEVERIA ENTENDER POR ‘ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL’

[dropcap type=”1″]O[/dropcap] estudo aponta que, hoje, a maior parte das pessoas associa termos como “alimentação saudável” a alimentos com poucas calorias ou teor baixo de gordura.

O certo, segundo os pesquisadores, seria transmitir a informação de que “comer bem” significa aproveitar ao máximo os diversos nutrientes presentes nos alimentos, buscando ingerir todos os dias uma quantidade equilibrada de açúcares, fibras, gorduras, vitaminas, proteínas e minerais.

Ou seja, “alimentação saudável” não é dieta para emagrecer (apesar de ajudar a perder peso!). “Alimentação saudável” é aquela que garante os nutrientes necessários à manutenção de uma boa saúde – ajudando, inclusive, a evitar uma série de doenças.

exemplo de alimentos saudaveis e bons para a saude
Alimentar-se bem é aproveitar nas quantidades corretas todos os nutrientes dos alimentos, desde vitaminas até os açúcares, defendem os pesquisadores.

Uma boa maneira de saber quais nutrientes são esses e como adicioná-los à dieta do dia-a-dia é estudar as tabelas nutricionais nas embalagens dos alimentos, que mostram as porcentagens recomendadas de consumo.

“Os seres humanos evoluíram com uma incrível capacidade de sobreviver utilizando as mais diversas fontes alimentares, mas há um limite do que é saudável, e pagamos o preço se vivermos fora deste limite”, escrevem os pesquisadores.

Assim, educar-se é fundamental.  O SobrePeso traz todas as semanas matérias inéditas sobre alimentos com propriedades benéficas à saúde e dicas de como comer bem.

DICAS INFALÍVEIS PARA UMA ALIMENTAÇÃO MAIS EQUILIBRADA

  • Coma muitas frutas e bastante vegetais
  • Coma mais peixe, incluindo pelo menos 1 porção por semana
  • Reduza gorduras saturadas e açúcar (*)
  • Tente ingerir menos sal (*)
  • Seja ativo e busque manter um peso adequado
  • Beba bastante água
  • Não pule o café da manhã

* Cheque sempre o rótulo dos alimentos para saber qual a quantidade de sal e gorduras está presente em uma porção.

 

A Organização Mundial da Saúde afirma que 80% das mortes prematuras por doenças cardiovasculares (como derrames e enfartos, as principais causas de falecimento no mundo) poderiam ser evitadas com alimentação correta, atividades físicas regulares e evitando-se o cigarro.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui