Perigo na latinha: bebidas açucaradas provocam 184 mil mortes por ano

Pesquisa revela os efeitos trágicos do consumo de refrigerantes, sucos industrializados e outras bebidas cheias de açúcar na saúde e na longevidade.

bebidas acucaradas e mortes
[dropcap type=”1″]E[/dropcap]sta é uma notícia para quem ainda se mantém fiel aos refrigerantes tradicionais, aqueles repletos de açúcares.

Em pesquisa inédita, cientistas calcularam a quantidade de mortes todos os anos causadas pelo consumo de bebidas açucaradas (dentre as quais os refris são destaque), no mundo inteiro. A cifra chegou a 184 mil pessoas.

Os autores do trabalho explicam que refrigerantes e outras bebidas artificialmente açucaradas costumam ser ingeridas em altas quantidades na maior parte dos países, e que o excesso de açúcar presente nestes alimentos causa uma série de problemas graves à saúde.

“Muitos países no mundo têm um número significativo de mortes decorrentes de um único fator na dieta – bebidas açucaradas”, afirmou o médico Dariush Mozaffarian, um dos autores do estudo e docente da Escola Friedman de Ciência e Políticas da Nutrição, na Universidade Tufts, em Boston.

O pesquisador foi categórico: “Deveria ser uma prioridade global reduzir ou eliminar bebidas açucaradas das dietas”.

 

COMO OS PESQUISADORES CHEGARAM A ESTE NÚMERO?

[dropcap type=”1″]P[/dropcap]ara chegar ao número de 184 mil mortes anuais devido ao consumo de bebidas açucaradas, os cientistas revisaram mais de 60 amplos estudos científicos anteriores, realizados entre 1980 e 2010, com mais de 600 mil pessoas e abrangendo 51 países.

[quote_box_right]O estudo atual considerou como “bebida açucarada”: refrigerantes, sucos de fruta industrializados, energéticos e isotônicos, chás gelados adoçados e inclusive bebidas feitas em casa. O critério foi que tivessem pelo menos 50 kcal por 236mL da bebida. [/quote_box_right]

Com isto, eles tiveram em mãos um rico e detalhado painel global do consumo deste tipo de bebida. A partir daí, os cientistas correlacionaram estes dados com estimativas de danos à saúde provocados pelo excesso de açúcar no corpo.

Em especial, o novo estudo calculou os danos que a ingestão de bebidas açucaradas traz a quem está com diabetes, problemas do coração e câncer, doenças correlacionadas ao sobrepeso.

De acordo com os resultados, estima-se que, em 2010, o consumo de bebidas açucaradas levou à morte 133 mil diabéticos, 45 mil pessoas com doenças cardiovasculares e 6.450 pessoa com câncer.

 

É POSSÍVEL ESCAPAR DAS BEBIDAS AÇUCARADAS?

[dropcap type=”1″]M[/dropcap]ozaffarian explica que não há benefício algum à saúde quando ingerimos bebidas com muito açúcar.

O doutor admite que mudar os hábitos alimentares para a melhor – por exemplo, através de maior consumo de frutas e vegetais – pode ser um desafio, devido a questões de custo, preparo, entre outras. Porém, o pesquisador afirma que as dificuldades valem a pena: uma melhor alimentação representaria salvar dezenas de milhares de vidas, todos os anos.

bebidas com agua refrescantes
Há opções saudáveis e refrescantes – e sem excesso de açúcar! – aos refrigerantes, como esta jarra de água gelada com rodelas de frutas cítricas, melancia e pepinos. O sabor é maravilhoso!

 

[pull_quote_center]

Se 184 mil mortes por ano já parece bastante, veja só alguns números de óbitos relacionados à falta de exercícios, ao excesso de peso e à má alimentação, segundo a Organização Mundial da Saúde:

  • 2.7 milhões de pessoas falecem todos os anos devido ao baixo consumo de frutas e vegetais;
  • 2.6 milhões de pessoas falecem todos os anos devido ao sobrepeso e à obesidade;
  • 1.9 milhões de pessoas falecem todos os anos devido à falta de atividades físicas rotineiras.
[/pull_quote_center]

 

Os principais países com vítimas do consumo de bebidas açucaradas são o México e os Estados Unidos. Não por coincidência, eles são também os campeões em número de obesos na população.

 

[dropcap type=”1″]N[/dropcap]a hora da sede, portanto, vale a pena optar por diversificar. Atualmente, já são encontradas nos mercados opções sem açúcar de muitas marcas de bebidas tradicionais. Além disso, sucos naturais – sem acréscimo industrial de açúcar – continuam sendo uma opção válida, devido à alta quantidade de nutrientes nestas bebidas.

Outra boa opção é seguir a dica da família de Jamie Oliver, comentada nesta matéria do SobrePeso. Na casa de Jamie refrigerantes não entram. Quando querem se refrescar, a família toda opta por sucos naturais ou por água gelada, incrementada com rodelas de frutas. Uma dica simples, prática, barata e com o poder de melhorar consideravelmente a qualidade de vida.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui