Chef de 12 anos dá aulas de boa alimentação a crianças

Garoto realiza projeto sobre alimentação saudável em diversas cidades. Ele visitou São José para falar sobre o tema para crianças de escola municipal.

minichef alimentacao saudavel
Minichef aborda alimentação saudável em palestra a alunos de escola em São José.(Foto: Paula Pessoa/G1)

Com apenas 12 anos, o currículo de Biel Baum impressiona qualquer um. Chef de cozinha, palestrante e empreendedor social, o garoto que percorre o país divulgando seus trabalhos sobre alimentação saudável visitou São José dos Campos, no interior de São Paulo, para falar sobre o tema com crianças da escola municipal Professor Waldemar Ramos.

Baum diz que sempre foi apaixonado por gastronomia e se tornou vegetariano logo aos cinco anos. Com seu interesse pelo tema e por sempre acompanhar os projetos sociais da mãe, logo cedo decidiu que queria “fazer a diferença” falando de alimentação saudável. “Eu não posso competir com as grandes empresas de fast-food, mas eu posso entrar em cada casa, pela tv e pela internet, e dizer às famílias irem já para a cozinha”, afirmou.

Para disseminar sua idéia, o garoto viaja para fazer palestras e oficinas sobre alimentação saudável, já até escreveu um livro no qual fala sobre suas aventuras na área e mantém projetos sociais.

“Para mim, a melhor escola é a vida, nela eu aprendo com as pessoas. Quero ser uma inspiração para elas, para buscarem seus sonhos e pularem qualquer obstáculo. Eu tento ser uma inspiração para todo mundo, é o que eu quero. Que eles vejam que os sonhos deles, qualquer que tiverem, não são impossíveis”.

Além das ações abordando a alimentação saudável, ele mantém, junto com a mãe, a Escola com Asas, uma rede de aprendizagem livre que incentiva ações de empreendedorismo social. “No futuro eu espero estar fazendo muito mais do que estou fazendo hoje. Espero já ter mudado a cabeça das pessoas para melhor. Não mudado, mas pelo menos que elas aceitem mais a realidade que está na frente delas, que este mundo que a gente vive não vai bem, e que você tem que fazer sua parte pela diferença”.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui