Dois em cinco americanos terão diabetes tipo 2 durante a vida

Doença pode ser causada pela propensão genética e por fatores ambientais, como obesidade, má alimentação e sedentarismo.

numeros americanos com diabetes

Dois em cada cinco americanos vão desenvolver diabetes tipo 2 ao longo da vida. É o que mostra um novo estudo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês), órgão de saúde do governo dos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, em determinados grupos, como os hispânicos e mulheres com descendência africana, a probabilidade da doença ultrapassa os 50%.

O levantamento, publicado nesta quarta-feira na revista The Lancet Diabetes & Endocrinology, foi feito a partir de dados sobre a incidência de diabetes no país e informações sobre quase 600 000 americanos que morreram entre 1985 e 2011.

Segundo os resultados, no período de 1985 a 1989, o risco de um americano de 20 anos desenvolver diabetes tipo 2 era de 20% entre homens e de 27% entre mulheres. No entanto, entre 2000 e 2011, essas chances aumentaram para 40% e 39%, respectivamente.

“Esse aumento importante se explica por uma eclosão do diabetes desde o final dos anos 1980, assim como por uma maior expectativa de vida da população em geral”, diz Edward Gregg, pesquisador do CDC que coordenou o estudo.

Doença — O diabetes tipo 2 pode ser provocado pelo fator genético, ambiental (como hábitos alimentares, tabagismo e excesso de peso) ou então pela combinação de ambos. A doença faz com que o organismo do indivíduo passe a ser resistente à ação da insulina, hormônio responsável por controlar a taxa de açúcar no sangue. É diferente do diabetes tipo 1, que ocorre pela falta da produção de insulina e é um problema cujas causas ainda não são conhecidas.

Segundo o Ministério da Saúde, em 2013, 6,9% da população brasileira vivia com diabetes tipo 2. A prevalência vem crescendo desde 2006, quando a doença atingia 5,5% das pessoas no Brasil.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui